COMO VENDER MAIS E MELHOR COM UMA CURVA ABC DE CLIENTES

January 13, 2016

Como construir uma curva ABC de clientes e utilizar suas indicações para melhor planejar suas vendas

 

Antes de avaliar algumas das diversas formas como podemos lucrar com a eficiente administração de uma curva ABC de clientes, vamos rememorar como ela deve ser construída.

 

Ainda que alguém possa afirmar que este exercício é óbvio, ou até mesmo banal, gostaria de lhe contar que a quantidade de profissionais de vendas que não domina o uso desta ferramenta tão importante para o seu planejamento estratégico comercial é espantosamente grande. Pelo menos é isso que eu tenho constatado nos cursos e workshops que tenho coordenado ultimamente...

 

Daí a idéia de prestar esta espécie de “serviço de utilidade pública ao distinto público de experts em vendas”.

 

O conceito “ABC” foi tomado emprestado das técnicas de planejamento e gestão de estoques de matérias primas e/ou produtos acabados. Os itens denominados como “A” são aqueles que não podem faltar em nenhum momento; os “B” são aqueles de importância secundária no processo e, os “C”, são considerados terciários em seu aspecto crítico de eventual falta no estoque. Uma escala de prioridades.

 

Para a construção de uma curva ABC utilizamos uma tabela com 4 colunas. Na primeira coluna inserimos os nomes dos clientes em ordem decrescente do maior para o menor em termos de faturamento.

 

Na coluna 2  anotamos a participação percentual acumulada de cada cliente na quantidade de clientes ( cada cliente representará 6,66% do total de, por exemplo, 15 clientes)

 

Na coluna 3  anotamos a participação percentual individual de cada cliente no faturamento total da empresa (observe-se que os clientes foram listados em sua ordem descrescente de contribuição individual para o faturamento total da empresa)

 

Na coluna 4 inserimos os valores da coluna 3 em termos acumulados.

 

Construída a tabela, podemos obter, por exemplo, três conclusões hipotéticas principais:

  • 51,5 % do faturamento são proporcionados por 4 dos 15 clientes

  • os 6 clientes menos importantes (em faturamento) representam 20% do faturamento total

  • a empresa possui 3 clientes “A”  (representam 42,4 % do faturamento total); 7 clientes do tipo “B” (responsáveis por 41,8%) e 5 clientes “C” (respondendo por 15,8%)

 

Essas indicativas permitem que os gestores comerciais possam avaliar com mais precisão suas ações de planejamento e controle comercial como, por exemplo, o tamanho da equipe de vendas, índices de frequência de visitas e revisitas por tipo de cliente, definição do tamanho da carteira de cada elemento de venda, sistema de supervisão, administração do tempo do profissional, avaliação da rentabilidade de cada cliente e cada vendedor, ações de fidelização e várias outras práticas do seu processo comercial.

Please reload

Posts Em Destaque

Seu networking vale ouro... Seu networking vale ouro...

Seu networking vale ouro... Seu networking vale ouro...

 

Crise? Que crise? Só se for a de outros...

JÁ TÁ VIRANDO UM MANTRA...

April 4, 2016

1/10
Please reload

Posts Recentes

January 26, 2016

January 12, 2016

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2015. Todos os direitos reservados a PROSPECTA CONSULTORES.